quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

EVOLUÇÃO DO SALÁRIO MÍINIMO


IPEA: Estudo mostra evolução do Salário Mínimo
Estudo lançado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), na coleção “Brasil em Desenvolvimento”, discute a evolução do Salário Mínimo a partir de dados e seus impactos na formalização, emprego e renda. Segundo o estudo, a implantação do salário mínimo no Brasil ocorreu durante a década de 1930, e seus primeiros valores foram fixados em 1 de maio de 1940, com valores distintos para o mínimo por região e sub-região e maiores valores para os municípios (ou regiões metropolitanas) das capitais. Em maio de 1984 houve a unificação do seu valor em todo o território nacional.
O Salário Mínimo é utilizado como indexador de diferentes tipos de contrato na economia, e como piso de pagamento de diversas transferências públicas, tais como as previdenciárias, as do seguro-desemprego, as de abono salarial e as de programas sociais, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC). As evidências também mostram que o salário mínimo é uma remuneração de referência importante tanto no setor formal quanto no informal. Para uma aproximação da abrangência do Salário Mínimo, em 2012 cerca de 14 milhões de trabalhadores tinham remuneração laboral igual ao salário mínimo, e aproximadamente 18 milhões recebiam o valor do mínimo na forma de aposentadoria, pensão ou outros programas sociais. E ainda se consideradas as famílias em que há pelo menos um recebedor de salário mínimo, sua cobertura alcança 75 milhões de brasileiros. O gráfico abaixo mostra sua evolução desde 1984, de sua unificação.
Evolução do salário mínimo real mensal (1984-2013) (Em R$ de maio de 2014)
Fonte: Ipeadata. Acesso em: 15 jun. 2014.
Pelos dados, nota-se que seu valor em termos reais em maio de 2014 era 126% maior que o de abril de 1995 e 16% mais elevado que no momento da sua unificação. O gráfico mostra uma mudança da tendência do indicador a partir do plano real e revela também um aumento na tendência de recuperação do valor do salário mínimo em torno de 2005: segundo o estudo, o crescimento anual médio do valor real do salário mínimo passa de 2,7%, entre 1995 e 2004, para 5,7%, entre 2005 e 2013. A partir de 2007 passa a vigorar um acordo para os reajustes anuais do mínimo que determina que, a cada reajuste, deve-se repor a inflação do ano anterior e adicionar o crescimento (positivo) do produto interno bruto (PIB) real de dois anos antes. Em fevereiro de 2011, este acordo ganhou o status de lei com validade até 2015.
Diversos estudos têm mostrado a importância da valorização do salário mínimo, em especial a partir dos anos 2000, como fator de redução da pobreza, melhoria da renda da população e de sua distribuição, bem como por seu papel de aquecimento da economia. Desta forma, a manutenção de sua valorização para os próximos anos pode ser um instrumento muito importante para manter e ampliar as conquistas sociais alcançadas no país.
Salário Mínimo e Mercado de Trabalho no Brasil
LEIA MAIS

 
Análise: Ana Luíza Matos de Oliveira, economista
As opiniões aqui expressas são de inteira responsabilidade do seu autor,
não representando a visão da FPA ou de seus dirigentes.
www.fpabramo.org.br
FUNDAÇÃO PERSEU ABRAMO
Rua Francisco Cruz, 234 - Vila Mariana - CEP 04117-091 - São Paulo - SP - Brasil
Fone: (11) 5571-4299 - Fax (11) 5573-3338
Agência FPA: Imprensa - imprensa@fpabramo.org.br


Para cancelar o recebimento deste email clique aqui

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

RETIRADA DE ENTULHOS DA AVENIDA PATRIACA


O vereador Beto Cangussu solicitou à Coordenadoria de Limpeza Pública e a Secretaria da Infraestrutura  a limpeza e a retirada dos entulhos depositados na avenida Patriarca, no bairro Adão do Carmo e Bairro Parque Ribeirão Preto. A solicitação foi atendida pela Secretaria e o vereador pede que a população descarte entulhos e lixos nos locais apropriados, para que a cidade fique limpa e ofereça uma melhor condição de vida aos seus moradores.

Leia o oficio solicitando a retirada e a resposta da Secretaria confirmando a limpeza

CONSERTO DE PONTE NA VIA NORTE


O vereador Beto Cangussu solicitou a Prefeitura Municipal o conserto da ponte na Via Norte  e requereu informações sobre as obras no Parque Linear  Via Norte. Solicitou documentos, informações sobre questões de segurança e conservação e sobre as frisuras encontradas na ponte. Quais as providências que serão tomadas.
O conserto já foi realizado.
Leia o requerimento

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

GRUPO DE JOVENS DA PARÓQUIA SÃO PEDRO - 1970


Veja todas as fotos CLICK AQUI

VAGAS PARA ESTACIONAMENTO DE IDOSOS NA ÁREA AZUL

Vereador Beto Cangussu, questiona o cumprimento de Lei de sua autoria
Autor da Lei que regulamenta vagas para idosos, Beto Cangussu aciona MP, para que seja cumprido mais este direito da terceira idade.
Ribeirão Preto, 22 de Janeiro de 2015 

Foto: Silvia Morais
Autor da Lei 10.433/05, que garante vagas preferenciais para idosos na Área azul, o Vereador Beto Cangussú entrou, no dia 29 de dezembro, com pedido de inquérito civil no Ministério Público Estadual contra a Prefeitura e a Transerp.
Em razão do vereador ter notado o descumprimento da Lei, e não ter conhecimento de tais vagas, foram feitos requerimentos questionando locais e números destas áreas, que de acordo com a lei, 5% do espaço da área azul devem ser destinadas a idosos. As respostas obtidas foram inconclusivas, segundo o vereador.

Para o vereador é público e notório que a reserva legal de vagas para estacionamento de idosos no sistema de área azul é insuficiente e inadequada, não existindo indicações ao longo das vias públicas, dificultando o acesso das pessoas a esse direito.

Matéria publicada no site da Câmara Municipal de Ribeirão Preto.

LAR SANTANA - TOMBADO COMO PATRIMÔNIO HISTÓRICO


Leia a publicação, sancionando a Lei, no Diário Oficial do dia 22 de janeiro de 2015 CLICK AQUI

RELATÓRIO DE VISTORIA DO FNDE E PNAE NA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO


O vereador Beto Cangussu requereu à Secretaria Municipal da Educação o relatório elaborado pelo FNDE e PNAE em decorrência da vistoria realizada em unidades de ensino da Rede Municipal da Educação.
Leia os Requerimentos, a resposta da Prefeitura e o Relatório CLICK AQUI


sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

ACONTECE AGORA! SEM MAIS PALAVRAS


SAIBA AQUI O QUE O PIG (PARTIDO DA IMPRENSA GOLPISTA) ESCONDEU DE VOCÊ SOBRE O “GOVERNO” FHC/PSDB.

DETALHE: ESTÃO TODOS SOLTOS!!!
Leia agora, de graça, em PDF, os 4 livros fundamentais para se entender como os tucanos/PSDB quebraram o Brasil 3 vezes. E o quanto ganharam com i$$o.

EDITAL DE CHAMADA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS (LDO) 2016






Leia o Cronograma para elaboraçao da LDO 2016

BOSQUE MUNICIPAL - RESPOSTA DA PREFEITURA

O vereador Beto Cangussu requereu informações à Prefeitura Municipal com relação ao Bosque Municipal Dr. Fábio Barreto e ao Parque Municipal Morro do São Bento.

Bosque Municipal Dr. Fábio Barreto
:
O Bosque Municipal Dr. Fábio Barreto possui Conselho Gestor?
Se sim. Qual a sua formação? (informar nominalmente). Quais as atribuições de cada membro? se não por que?
O Bosque Municipal é certificado pelo IBAMA? Se sim fornecer cópia da Certidão e das Diretrizes para funcionamento.
Qual o peridiocidade de limpeza dos recintos dos animais? (informar por cada recinto e tipo de limpeza realizada)

Parque Municipal Morro do São Bento:
Existe algum Projeto para que o Parque Municipal Morro São Bento seja completamente cercado? Se sim qual a previsão de efetivação do cercamento?
Quais tipos de atividades são permitidas dentro do Parque Municipal Morro do São Bento?
Quem autoriza a realização destas atividades?
Existe um Plano de Manejo do Parque Morro São Bento? Se sim, fornecer cópia de inteiro teor. Se não, qual a justificativa?
Existe a previsão de implantação de Câmeras de Monitoramento na área do Parque Municipal Morro São Bento? Se sim qual a previsão de instalação?

Leia os Requerimentos  e a resposta da Prefeitura

ATIVIDADES DO CONTROLE DE ZOONOSES - CÃES AGRESSORES


O vereador Beto Cangussu requereu ao Centro de Controle de Zoonoses informações sobre como o Controle de Zoonoses  lida com animais agressores, pela Lei Feliciano e vários outros questionamentos.
Leia o Requerimento e a resposta da Prefeitura 

ATIVIDADES DO CONTROLE DE ZOONOSES - RESPOSTA DA PREFEITURA

O vereador Beto Cangussu requereu a Prefeitura Municipal informações sobre as Atividades do Centro de Controle de Zoonoses.
1) Quanto ao atendimento realizado a animais atropelados no município de Ribeirão Preto:
  • Como é o atendimento de animais atropelados?
  • Quais são os procedimentos para esse atendimento?
  • Quais as medicações utilizadas nestes atendimentos?
  • Existe médico veterinário capacitado para atendimento de traumas ortopédicos na CCZ?
  • Existe um controle censitário do número de recolhimentos de animais atrapelados no município? Se sim fornecer cópia deste controle.
2) Quanto ao recolhimento de animais pelo CCZ:
  • Qual é o número de recolhimentos de animais feitos pelo CCZ por mês no ano de 2014?
  • Quantos desses animais recolhidos estavam prenhes?
  • Qual o número de filhotes recolhidos pela CCZ no ano de 2014?
  • Qual o número de animais doentes recolhidos pela CCZ no ano de 2014?
  • Há cadastro de solicitação de recolhimento? Se sim, como é feito?
  • Há ficha dos animais atendidos para controle?
  • Como é feito o transporte desses animais recolhidos?
  • Desses animais recolhidos quantos eram de grande porte?
  • Como é feito o transporte desses animais de grande porte?

Leia o Requerimento e a resposta da Prefeitura

OBRAS DO PAC - VILA ELISA

O Vereador Beto Cangussu,  fiscalizando as obras do PAC II da Vila Elisa, requereu a Prefeitura Municipal os documentos relativos a obra, como o Edital, o Contrato celebrado com a empresa vencedora, a Planilha de Custos e Teor da Ordem de Serviço.

Leia os documentos, click AQUI



quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

OBRAS DO PAC - JARDIM ITAÚ


O Vereador Beto Cangussu, fiscalizando as obras do PAC II do Jardim Itaú, requereu a Prefeitura Municipal os documentos relativos a obra, como o Edital, o Contrato celebrado com a empresa vencedora, a Planilha de Custos e Teor da Ordem de Serviço.

Leia os documentos, click AQUI

CARTÕES ÔNIBUS URBANOS - TRANSERP

O vereador Beto Cangussu, preocupado com os usuários do Transporte Coletivo em Ribeirão Preto, requereu a Transerp informações sobre os locais de pontos de recarga, os documentos necessários para confecção do cartão e vários outros questionamentos.
Leia o Requerimento e a resposta da Transerp 

JORNAL A CIDADE 15 DE JANEIRO DE 2015


quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

SITE DA CÂMARA MUNICIPAL - 14 DE JANEIRO DE 2015

Beto Cangussú protocola Projeto de Lei obrigando agências bancárias a manter assentos para os usuários
Projeto de Lei que visa assegurar o conforto dos usuários nas filas de espera para os atendimentos bancários na cidade deverá dar entrada em Plenário na primeira Sessão do ano
Ribeirão Preto, 14 de Janeiro de 2015 

Foto: Viviane Morais
O vereador Beto Cangussú protocolou no último dia 12, Projeto de Lei que institui a instalação de assentos para o público  nas agências bancárias.
 
A razão  da proposta é o fato de que muitos dos usuários dos serviços bancários, ficam sujeitos a aguardar atendimento em pé, em longas filas, sem o mínimo conforto.

A pretensão é a obrigatoriedade das agências bancárias, públicas ou privadas, localizadas neste município, a disponibilizar assentos para os usuários que aguardam atendimento decorrente da prestação de serviços.

O projeto determina, que as agências destinem o número mínimo de móveis destinado ao assento público, igual a 5% dos correntistas da agência. Sempre destinando o percentual estipulado pela legislação vigente para o atendimento especial (idosos, gestantes e deficientes físicos).
O Projeto deverá dar entrada no expediente da primeira sessão ordinária do dia 03 de fevereiro.

OBRAS DO PAC - JARDIM ANHANGUERA


O Vereador Beto Cangussu,  fiscalizando as obras do PAC II do Jardim Anhaguera, requereu a Prefeitura Municipal os documentos relativos a obra, como o Edital, o Contrato celebrado com a empresa vencedora, a Planilha de Custos e Teor da Ordem de Serviço.

Leia os documento, click AQUI

BETO CANGUSSU GRAVA PROGRAMA "AGORA É LEI" NA TV CÂMARA

vereador Beto
 TV Câmara inicia o ano com novos quadros na programação
Emissora da Câmara Municipal começa a exibir, a partir de fevereiro, quadros de orientação à população sobre vários temas
Ribeirão Preto, 13 de Janeiro de 2015 


Ampliando a sua grade, TV Câmara estreia, a partir de fevereiro, quatro novos quadros, com duração média de 1 minuto que serão exibidos durante a programação diária e principalmente, nas transmissões das Sessões Legislativas.
Um dos quadros será o “Agora é Lei”, apresentado por um vereador informando sobre leis que foram aprovadas e sancionadas.

TAC TRANSPORTE COLETIVO RIBEIRÃO PRETO


Leia os Requerimentos do Vereador Beto Cangussu encaminhados à Transerp





terça-feira, 13 de janeiro de 2015

ZOONOSES - VACINAÇÃO


O vereador Beto Cangussu requereu a Prefeitura Municipal informações sobre a vacinação de cães e gatos, efetuadas pelo Centro de Controle de Zoonoses. Quantos animais, como é feita a vacinação, qual a meta para 2014 e 2015 e várias outras indagações sobre a Zoonoses.
Leia o Requerimento

FILAS DOS BANCOS - ESPERAR SENTADO


O vereador Beto Cangussu apresentou  à Câmara Municipal de Ribeirão Preto um Projeto de Lei, que visa assegurar o conforto na fila de espera para os atendimentos bancários na cidade, obrigando as agências bancárias a colocar a disposição de seus usuários móveis destinados ao assento público, quando da espera nas filas, evitando o desconforto da permanência em pé.
Leia o Projeto de Lei e a justificativa

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

LIMPEZA DAS ÁREAS PÚBLICAS DO MARINCEK E VALENTINA FIGUEREDO


O vereador Beto Cangussu ouvindo os moradores da região norte, que solicitavam a limpeza nas áreas públicas dos bairros Marincek e Valentina Figueredo, encaminhou a Prefeitura Municipal pedido para a limpeza das áreas. 
Atendendo a solicitação do vereador foi realizada a limpeza nas avenidas Maestro Hervê Coordowil, José de Laurentis, João Batista Duarte e José Ferreira de Melo Nogueira, além de várias áreas nos bairros.
Leia as Indicações solicitando a limpeza das áreas

CENTRO DE ZOONOSES - RESPOSTA DA PREFEITURA


O vereador Beto Cangussu solicitou ao Centro de Controle de Zoonoses a relação completa dos funcionários do CCZ. Quantos funcionários são concursados, comissionados e terceirizados e qual a capacitação de cada um.
Solicitou também informações sobre os animais abandonados no município, como funciona o monitoramento de locais com alto índice de animais abandonados e se existe um programa para castramento dos animais que habitam esses locais, para evitar o aumento de sua população.
Leia o Requerimento e a resposta da Prefeitura

NOVAS ESCOLAS NOVOS PROFESSORES


O vereador Beto Cangussu preocupado com a falta de vagas para os alunos no município de Ribeirão Preto, solicitou à Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto informações sobre a construção de novas unidades de ensino no município.



Leia o Requerimento com as informações solicitadas pelo vereador Beto Cangussu e a resposta da Prefeitura

JORNAL DIGITAL 12 DE JANEIRO DE 2015


Para receber semanalmente o jornal digital do vereador Beto Cangussu mande seu e-mail para betocangussu@camararibeiraopreto.sp.gov.br ou preencha o formulário ao lado.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

BOLETIM FUNDAÇÃO PERSEU ABRAMO - INFLAÇÃO FICA DENTRO DA META


ECONOMIA NACIONAL
Inflação fica dentro da meta pelo décimo ano consecutivo: A inflação brasileira em 2014 encerrou o ano dentro da meta estabelecida pelo Banco Central, completando dez anos de manutenção da inflação dentro da meta segundo o regime de metas inflacionárias adotado pelo Banco Central. Ao acumular alta de 6,41% em 2014, a inflação brasileira medida pelo IPCA superou a verificada no ano de 2013 (quando encerrou o ano com alta de 5,91%), mas foi inferior ao teto da meta de 6,5%. O IPCA de dezembro teve alta de 0,78% (após alta de 0,51% em novembro, porém abaixo dos 0,92% registrados no mesmo mês de 2013), influenciado principalmente pela alta no preço do grupo transportes (1,38%) e alimentos (1,08%). No ano, estes dois grupos representaram 67% da alta de preços, com o grupo alimentação puxando a inflação para cima (refletindo reajustes cambiais e quebras de safra devido a mudanças no regime hidrológico) enquanto o grupo transportes puxou a inflação para baixo (devido à política comedida de reajustes de preços da Petrobras e ao adiamento do reajuste de preços nos transportes públicos). O grupo alimentação, que representa cerca de 25% dos gastos das famílias, apresentou aumento de 8,03% em 2014, enquanto os transportes tiveram alta de apenas 3,75%. Outros grupos que ajudaram a pressionar a inflação foram educação (8,45%), despesas pessoais (8,31%) e saúde (6,97%), que apesar de representarem um impacto menor no IPCA total, apresentaram variações significativamente acima da média do IPCA.
Comentário: O sucesso da manutenção da inflação dentro da meta em 2014 é uma grande vitória do governo Dilma, que até o último instante teve suas previsões questionadas pelos principais analistas de mercado, que esperavam uma variação da inflação acima da meta de 6,5%. Apesar disso, 2014 não pode ser considerado um caso de sucesso no controle inflacionário, não apenas pela inflação ter aumentado em relação à 2013, situando-se próxima ao teto da meta, como também pelo fato deste aumento maior dos preços não ter vindo acompanhado de um crescimento econômico mais robusto. Dito isto, as causas para a elevação da inflação em 2014 estão em grande medida relacionadas a fatores não recorrentes, como a grande desvalorização cambial e problemas climáticos, que podem não se repetir em 2015. A famosa “inflação de demanda” está arrefecendo, o que pode ser comprovado pelo menor ritmo de crescimento da inflação de serviços (8,32% contra 8,75% em 2013). Outra boa notícia é que 2014 registrou uma queda expressiva nos preços no atacado, que segundo a última leitura do IGP-DI registraram variação abaixo de 3,8% no ano. A expectativa é que em 2015 continuemos observando uma inflação pressionada, mas não pelos mesmos fatores que em 2014. A pressão inflacionária deste ano deve estar mais ligada aos reajustes de preços administrados, como transporte público e energia elétrica, e ainda a existência de alguma expectativa de desvalorização cambial. Desta maneira, boa parte do choque inflacionário de 2015 deve se concentrar no primeiro trimestre, se dissipando ao longo do restante do ano até fechar os 12 meses novamente abaixo do teto da meta. A execução de uma política fiscal e monetária restritivas certamente podem contribuir neste sentido, apesar de gerar um risco recessivo para a economia brasileira.
 
AGENDA DO DIA
EVENTO HORÁRIO ÓRGÃO DE DIVULGAÇÃO
IPCA 9h IBGE
IGP-DI 9h FGV
Análise: Análise: Guilherme Mello, Economista
As opiniões aqui expressas são de inteira responsabilidade do seu autor,
não representando a visão da FPA ou de seus dirigentes.
www.fpabramo.org.br

ANÁLISE DO DISCURSO DE POSSE DA PRESIDENTA DILMA (2015)

Análise mostra discurso de posse de Dilma 56% mais à esquerda

por Arthur Gandini em 2 de janeiro de 2015
Uma análise quantitativa do discurso de posse feito nesta quinta-feira (1º) pela presidente Dilma Rousseff no Congresso Nacional, após assumir o seu segundo mandato, mostra que o conjunto de ideias da petista está numericamente mais à esquerda dentro do espectro político.